Vereadores de Caxingó repudiam notas de material de construção
Por: Gil Rodrigues
Repúdio total. Esse foi o sentimento que tomou conta dos vereadores e populares que prestigiaram a sessão ordinária desta sexta-feira (13) na câmara municipal de Caxingó. O vereador Renato Filho (PT) apresentou oito notas fiscais de quatro empresas no valor de R$ 9.117 de material de construção.

Os números que mais chamaram a atenção dos vereadores foram 240 metros de piso, 15 latas de tintas e 180 sacos de cimento. Dos quase 10 mil reais descritos nas notas R$ 6.250 foi o valor do material comprado de uma empresa da cidade de Buriti dos Lopes.
O vereador Renato Filho disse que não conhece nenhuma obra realizada pelo município que agregue todo esse material. “Eu chamo isso aqui é de roubo mesmo, não podemos concordar com um negócio deste, assim ela pode comprar vereadores”, enfatizou Renato.

A cada nota descrita pelo vereador causava um alvoroço na assembléia composta em sua grande maioria por professores que aguardavam a aprovação do projeto de reajuste salarial da classe. Muitos populares comentavam os valores das notas e o destino final do material.

Além destes materiais existem notas de vasos sanitários, trincos para portas, argamassas, lâmpadas, material para esgoto e pias. Esse material está nas notas ficais do balancete referente ao mês de fevereiro deste ano.

Fonte: acessepiaui
divisao

0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.