TRE mantém três multas contra Mão Santa por propaganda eleitoral irregular

A “Coligação Tudo Vai Melhorar” que teve nas eleições deste ano em Parnaíba os candidatos derrotados Mão Santa (PSC), para prefeito, e Léo Lages (PMDB), vice, teve mantidas três multas, cada uma no valor de R$ 2 mil, pelo Tribunal Regional Eleitoral(TRE), em Teresina.

Mão Santa

As punições resultaram de denúncias feitas à juíza da 3ª Zona Eleitoral, pela Coligação Unidos pela Força do Trabalho que alegaram irregularidades em parte da propaganda eleitoral que vinha sendo feita pelos denunciados.

A Juíza Benedita Maria Barros de Araújo Lima e, posteriormente, os juízes do TRE entenderam, pelas provas, que as irregularidades existiram.

A coligação de Mão Santa se utilizou de pinturas em muros com dimensões acima dos limites permitidos.

Um dos três processos inclui na condenação o vereador eleito André Neves (PMDB).

Depois da sentença desfavorável em Parnaíba, os advogados de Mão Santa, Léo Lages e André Neves recorreram para o TRE em Teresina, mas não tiveram êxito porque todas as multas foram mantidas nas seções do pleno daquele tribunal, realizadas nos dias 8 e 18 de outubro, abrindo prazo para as contrarrazões, que não foram feitas. Por não ter havido contestação os processos foram devolvidos ao cartório da 3ª Zona Eleitoral, em Parnaíba.

Informações Acesso24horas
divisao

Leia mais sobre: , , ,


0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.