Procon orienta bloquear celular em caso de roubo ou perda
Bloqueio do celular pode ser arma contra criminosoPara aqueles que perderam ou tiveram o seu celular roubado, o Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon) orienta que bloqueie imediatamente o aparelho. Assim o usuário impede que ele seja revendido.

Telefone bloqueado perde valor comercial porque não pode mais ser habilitado. É uma forma de dificultar a ação de criminosos que roubam os celulares para revender.

“Existe um cadastro único para todas as operadoras que têm incluído o número de série do aparelho lá, e nenhuma operadora consegue mais habitá-lo para utilização”, explica Gilberto Dias, gerente do Procon de Minas Gerais.

Como fazer
Bloquear o chip e o celular é simples. Basta ligar para a operadora e informar o Identificação Internacional de Equipamento Móvel (Imei, sigla em inglês para International Mobile Equipment Identity), que é o número de série único para cada aparelho. Só com essa informação é possível fazer o bloqueio e em algumas horas ninguém mais conseguirá usar o seu celular.

“Vários fornecedores, quando na venda do aparelho, já incluem o número de série do aparelho na nota fiscal. Caso o consumidor não consiga identificar, ele vai digitar no seu aparelho as teclas *#06# ou retirar a bateria do aparelho. No verso, o número de série vem também destacado em uma etiqueta. O consumidor deve identificar esse número, anotá-lo e guardá-lo em local seguro”, informa Dias.

O Procon e a Anatel dizem que a operadora é obrigada a informar ao consumidor que o telefone e o chip podem ser bloqueados. Se o aparelho for encontrado, o desbloqueio pode ser feito.

Assista ao vídeo!

Reportagem: Catarina Costa com informações do Bom Dia Brasil
Imagem web

divisao

0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.