Piauí registra o 1º casamento entre mulheres na praça após lei do STF
A fundadora do grupo Matizes, Marinalva Santana resolveu seguir o exemplo e oficializou uma união com Lúcia Costa.
Dois casamentos entre mulheres foram realizados na manhã desta segunda-feira(16), na praça João Luís Ferreira, no Centro de Teresina. Além da técnica administrativa Anísia Teixeira Silva, 36 anos e a empresária Lígia Helena Ferreira, 33 anos, uma das fundadoras do grupo Matizes, Marinalva Santana, 40 anos e a funcionária pública municipal Lúcia Quitéria Silva Costa, 44 anos, também resolveram oficializar a união.
A tabeliã Fernanda Sampaio, do cartório Themístocles Sampaio, leu a escritura e na presença de várias pessoas que acompanhavam o casamento. Após o evento, as noivas jogaram o buquê e depois se beijaram na frente de todos.

Lúcia e Marinalva
Lígia e Anísia

O grupo Matizes realiza o primeiro casamento homossexual no Piauí na praça João Luis Ferreira, no centro de Teresina. Casaram-se a técnica administrativa Anísia Teixeira Silva, 36 anos e a empresária Lígia Helena Ferreira, 33 anos, sob olhares atentos de convidados e curiosos.
Anísia disse que é um ato de combate a homofobia e de conscientização dos direitos do GLBTT (Gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transgêneros) e em comemoração à decisão do Superior Tribunal Federal (STF) de permitir a união, no início do mês. O casal se conhece há dez anos e moram juntas há seis meses. “Sei que esse ato vai ficar na história. Estou dando minha cara à tapa, mas é uma forma também de combater o preconceito”, declarou a técnica administrativa.
O local está bastante movimentado e está sendo distribuindo flores e fazendo apresentações culturais. O cartório Themístocles Sampaio que oficializou o casamento.
Há seis anos o grupo Matizes realizava casamentos simbólicos não reconhecidos pela Justiça. Marinalva Santana, a fundadora do grupo, disse que há pelo menos mais quatro casais querendo oficializar a união.
Fonte: redacao@cidadeverde.com
divisao

0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.