Núcleos do PETI em Parnaíba estão sem merenda

Nos meses de março e abril, as crianças assistidas pelo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, PETI, em Parnaíba, não tiveram lanche nenhum dia. Já na primeira semana de maio o lanche foi retomado, entretanto, só durou 5 dias.
Desde a última segunda que não tem merenda.
O núcleo do PETI no Bairro Rodoviária funciona com aproximadamente 264 crianças. No início deste ano, a forma de alimentação do assistidos foi modificada. Antes era almoço e, agora, apenas um lanche e no mesmo horário em que era dado o almoço, às 10:30hs, quando se encerram as atividades.
E não é só esse o problema do Programa na cidade. Faltam profissionais para realizarem as atividades específicas. As crianças, noturno manhã por exemplo, entram as 8hs nas salas de aula para atividades pedagógicas e saem às 9:30hs para as atividades específicas. Como estão faltando os instrutores, meninos jogam bola até as 10:30hs quando sai o lanche para, em seguida, retornarem às suas casas. Já as meninas, improvisam como podem para ver o tempo passar.
Segundo a diretora do núcleo, Elizeuda Silva, o lanche em março e abril não existiu e as crianças iam embora mais cedo pra casa. “Dia 03 de maio chegou pão com iogurte para o lanche deles, mas só durou 05 dias. De segunda pra cá não teve mais merenda”, disse.
A Diretora de Proteção Especial da SEDESC, Jane Mendonça, informou que a falta de merenda do PETI se deve a um atraso no envio da demanda às empresa que venceram o processo licitatório e fornecem o lanche para os núcleos. “Já recebemos a segunda parte e hoje (quarta-feira, 11) já estaremos entregando em todos os núcleos”, informou.
Quanto à falta de instrutores para as atividades específicas, Jane disse que o PETI está passando por reformulações em sua metodologia. “Estamos aguardando as diretrizes do Estado e, também, ainda está em fase de elaboração o edital para teste seletivo de instrutores dessas atividades”, finalizou.
Fonte:Proparnaiba
divisao

0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.