Mantida a restrição à doação de sangue por gays

Desde 2006, tramita na Justiça Federal uma ação civil pública, que busca declarar como ilegal a proibição.

Mantida a restrição à doação de sangue por gays
Ilustração. (Foto Reprodução Web)

A solicitação do Grupo Matizes e da Liga Brasileira de Lésbicas que pedia a revisão da Resolução nº 153/2004, da Anvisa, que proíbe a doação de sangue por homossexuais, foi respondida pelo Ministério, encaminhado às duas entidades LGBT, a restrição aos homossexuais será mantida, sob justificativa de que “estudos epidemiológicos recentes, publicados pelo Ministério da Saúde, ainda consideram o alto índice de prevalência do HIV nessa população, o que caracteriza risco acrescido”.

A solicitação do Matizes e da LBL foi feita ao ministro Alexandre Padilha, em fevereiro deste ano, quando ele esteve em visita ao Piauí. Padilha havia assumido o compromisso de convocar as áreas técnicas do Ministério da Saúde para rediscitir a proibição imposta pela resolução da Agência de Vigilância Sanitária aos homens gays e bissexuais.

Desde 2006, tramita na Justiça Federal uma ação civil pública, que busca declarar como ilegal a proibição. A ação foi proposta pelo Ministério Público Federal, depois de uma representação feita pelo Grupo Matizes junto ao órgão.

Fonte: meionorte/geral

divisao

0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.