Jovem tenta receber DPVAT e descobre que está morto
Jovem tenta receber DPVAT e descobre que está morto
Um erro da Delegacia de Acidentes fez com que o mecânico Alan de Araújo Sousa, 22 anos, fosse dado como morto. O jovem sofreu um acidente no dia 16 de setembro de 2010 e está tentando dar entrada na documentação para receber o Seguro DPVat.
Entretanto, ao chegar ao IML na manhã desta segunda-feira, 27, ele não pode realizar o exame de corpo de delito. “O documento que me deram era para fazer um exame cadavérico, mas eu não estou morto. Estou aqui vivo”, declara.
Na recepção do Instituto Médico Legal, o funcionário percebeu o erro, informou que a documentação estava errada e disse ao rapaz que providenciasse a documentação correta. “Agora, além de provar que estou vivo, vou perder metade do dia de trabalho”, reclama o mecânico.
Fonte: cidadeverde
divisao

0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.