Família da menor agredida presta queixa contra Paulynho Paixão

A menor estava de uma tia e prestou depoimento à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, nesta quarta (15).

Após se encontrar com membros do Conselho Tutelar, a adolescente T. C. S. de 15 anos, namorada do cantor Paulynho Paixão decidiu na manhã desta quarta-feira (25) ir à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), para contar que foi agredida pelo artista.
Fotos: Carlos Lustosa Filho/Cidadeverde.com

Será uma versão diferente do depoimento dado por ela que foi tomado pelo delegado Antonio Maria Fortes no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) na terça-feira, horas depois dela ter sido encontrada ensanguentada com machucado no rosto dentro de um automóvel em companhia do cantor na Vila Mandacaru.

De acordo com Vani Coutinho, tia da jovem, a família irá levar o caso adiante. “Agora que temos o apoio do Conselho, não vamos nos calar. A Justiça está do nosso lado. Nós só vamos falar a verdade e a verdade é que ela já havia sido agredida outras vezes. A verdade vai aparecer”, declarou.  Ainda bastante assustada e com hematomas no rosto, a adolescente cobriu a cabeça e usou óculos escuros para ir à delegacia.

T. C. S. não quis gravar entrevista. A tia havia dito anteriormente ao conselheiro Dimas Leandro que alguns parentes que não se contentaram com o desfecho anterior da história que culminou com a soltura de Paulynho Paixão. Entretanto, parte da família continua defendendo que a jovem acabou batendo a cabeça no automóvel durante uma freada. 

Foto: Yala Sena

A polícia militar confirmou que no dia do fato atendeu a dois chamados que envolveram o cantor Paulynho Paixão: o primeiro foi às 2h57 acionada pelo próprio artista falando que estava sendo ameaçado por causa de uma ex-namorada, conforme relatório da PM. 
Às 6h06 um novo chamado, desta vez feito por um anônimo dizia à polícia que havia um “indivíduo espancando uma mulher dentro de veículo. Vítima está gritando por socorro”.

A menor completará 16 anos no mês de agosto. Segundo a equipe do cantor Paulynho Paixão, ele deve se pronunciar apenas nesta quinta-feira (26) sobre o caso. O artista estaria recebendo cuidados médicos e, de acordo com pessoas próximas ao compositor, está muito abalado.

Fonte: cidadeverde
Carlos Lustosa Filho


divisao

0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.