Emprego formal cresce na região Nordeste no mês de maio de 2011

No período foram criados 25.094 novos postos de trabalho na região, crescimento de 0,44%.

Em maio, o saldo de empregos celetistas registrado na Região Nordeste apresentou 20.399 postos a mais do que o apontado no mês anterior. O número significa a diferença entre admissões e desligamentos. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Ao todo, foram gerados 25.094 novos postos de trabalho na Região. Isto representa um crescimento de 0,44% no número de empregos gerados no período.

Segundo Wellington Damasceno, gerente da Central de Informações Econômicas, Sociais e Tecnológicas do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão vinculado ao Banco do Nordeste, este movimento no mês de maio acompanha resultado positivo do saldo nacional com 252.067 de empregos.

A criação de empregos no Nordeste se recupera, após os baixos números de empregos verificados em meses anteriores na região, que estavam relacionados a fatores sazonais das atividades sucroalcooleiras.

No Piauí, houve a expansão do emprego com a criação de 1.155 postos de trabalho formais. O setor de atividade econômica que mais contribuiu para este resultado foi o setor de Serviços (691 postos), seguido da Agropecuária (323 postos) e da Indústria de Transformação (212 postos).

Da Redação/cidadeverde.com

divisao

0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.