Direito de greve não é respeitado e alguns policiais civis ficaram sem o salário do mês
Policiais estavam indignados com ação governista

Por conta da greve, policiais civis do estado tomaram um susto quando acessaram nas primeiras horas da manhã de hoje (30), o contra cheque online, no site do governo do estado.  O salário de toda a categoria informava uma baixa de até 2  mil reais, descontados em decorrência de faltas no período grevista.

O escrivão de polícia civil, Robinson Castillo de Machado, lotado na delegacia do 1º Distrito de Parnaíba, teve seu contra cheque zerado, sendo tirado R$1.307.85, já que outros saldos eram para pagamentos de ações judiciárias, protegido em lei.

Polícial Robinson não sabe como vai passar sem o salário do mês, que foi descontado por falta no serviço, 1.307,85

Até policiais civis que estavam de férias no período da greve sofreram com descontos em folha de pagamento. O policial cívil Klécio, do 1ºDP,  que estava de férias no tempo da greve, teve descontado em seu contra cheque um pouco mais de Mil reais, porém, como se o policial tivesse faltado no serviço este tempo todo.

Contra cheque de policiais foram zerados
na folha de pagamento do mês de maio

Fonte: portaldocatita

divisao

0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.