DADOS ALARMANTES. NO CEARÁ EXISTEM MAIS DE 100 MIL USUÁRIOS DE CRACK
A situação alarmante do consumo desenfreado de droga no Brasil assusta e preocupa os governantes, a Organização das Nações Unidas (ONU) e, principalmente, a sociedade brasileira. Entre os tipos mais utilizados estão o crack. No País existem cerca de 1,2 milhão de usuários, no Ceará são 100 mil, somente em Fortaleza são mais de 30 mil, segundo a Central Única das Favelas (Cufa). O consumo está se transformando numa epidemia nacional.
Tem crescido o número de crianças usando e distribuindo o crack.
No Brasil, os dados da Organização das Nações Unidas (ONU) preocupam. A proporção da população brasileira que consome cocaína teria crescido de 0,4%, em 2001, para 0,7%, em 2005. Em 2001, 1% dos brasileiros entre 15 e 65 anos consumia droga. O índice subiu para 2,6% em 2005.
A entidade divulgou ainda que o Brasil tornou-se campeão nas Américas em apreensão de crack, um indicador da elevada demanda doméstica por esse subproduto da cocaína. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) efetuou pesquisa, revelando que 98% das cidades brasileiras enfrentam problemas com a circulação ou consumo de crack e outras drogas.
No Ceará, dos 184 municípios, 117 responderam à pesquisa, o que representa 63,5% do total.
 
Informações: Portal VM
divisao

0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.