Celulares, armas e cachimbo de osso de galinha são apreendidos em presídio
Carregadores de telefones celulares feitos com palitos de picolés

Mais aparelhos de celulares, baterias, chips e armas de fabricação caseira foram encontradas dentro das unidades penais do Piauí. Desta vez a apreensão foi feita no presídio José de Deus Barros na cidade de Picos.

Durante vistorias realizadas neste fim de semana, agentes penitenciários apreenderam 12 aparelhos de celulares, oito carregadores, baterias e armas brancas feitas pelos presos.

A equipe de vistoria do presídio composta por dez homens encontrou ainda três carregadores de telefones celulares feitos com palitos de picolés, além de um cachimbo feito com osso de galinha.

Em outra vistoria realizada durante a semana, também foram encontrados 21 aparelhos de telefones celulares, 14 baterias e 14 chips dentro da Casa de Custódia em Teresina.

No mesmo presídio, após vistorias com máquina de Raios X, agentes penitenciários encontraram um celular escondido embaixo do seio de Luduvirges Soares dos Santos, de aproximadamente 50 anos, que iria visitar o irmão. A mulher foi encaminhada para a Central de Flagrantes na RONE.

As vistorias nos presídios do Piauí estão ocorrendo de forma rotineiras após determinação do secretário estadual de Justiça, Henrique Rebelo.

Com isso, celulares, armas e drogas já foram apreendidas nos presídios de Vereda Grandes (Floriano), Colônia Agrícola Major Cesar Oliveira (Altos), Casa de Custódia (Teresina), penitenciária de Esperantina e agora em Picos.

Fonte: ascom

divisao

0 Comentário Publicar Comentário

Seja o primeiro a comentar.