ABUSO DE AUTORIDADE POLICIAL: Sargento da PM acusado de espancar ajudante de pedreiro em Parnaíba
Francisco das Chagas de Souza Silva, Vítima do excesso de autoridade
O ajudante de pedreiro Francisco das Chagas de Souza Silva, residente a Rua Projetada 196, casa nº 350, Bairro Planalto, denunciou através do B.O, de Nº 3045/2011, na delegacia do 2º Distrito Policial, localizada no conjunto Igaraçu, que foi agredido fisicamente na manhã de hoje (07), na Rua Oswaldo Cruz, pelo sargento Magalhães, lotado no 2º Batalhão Major Osmar – sediado em Parnaíba.
Cópia do B.O, registrado contra o militar no 2º DP
Segundo o denunciante, o sargento Magalhães, apontou uma arma de fogo para sua cabeça, lhe chamando de marginal o tempo todo, e em seguida, lhe aplicou vários socos no peito e na barriga. Para a reportagem do PC, na delegacia do 2º DP, a vítima declarou que nem foi trabalhar na tarde de hoje por que estava sentindo muitas dores na barriga em decorrência da agressão sofrida por ele. O ajudante de pedreiro Francisco das Chagas de Souza Silva, declarou também que não tem passagens nos distritos policiais de Parnaíba.         
Imagem extraída PCN:
Coronel Edson Ferreira
comandante da PM

O sargento Magalhães, acusado da agressão contra o ajudante de pedreiro, Francisco das Chagas Souza Silva, responde por várias broncas na justiça em Parnaíba e Teresina, de onde ele veio transferido. O comandante da PM de Parnaíba, tenente coronel Edson Ferreira, sabe muito bem da conduta deste militar e já afastou ele, por diversas vezes do serviço de rádio patrulha por conta de suas arbitrariedades. Mas o comandante já deveria ter tomado uma posição definitiva a cerca do militar que não tem condição de tirar serviço de rua.

Reportagem e imagens de Yuri Gomes
Fonte: portaldocatita
Edição: chamadageral

divisao

1 Comentário Publicar Comentário

  • esse sargento tem que perder a farda e ficar preso…. hoje foi o pedreiro, amanhã pode ser outro cidadão….. cadeia nele

    Comentado por Anonymous — 10 de junho de 2011 @ 13:15